Loading. . . (x)



Comunicado

Caro DJ

A APDJS após vários telefonemas de vários colegas de toda a parte do país e ilhas e depois da devida informação através de comunicado aos colegas sócios, achou também correcto informar os não sócios de maneira a evitar confusões e a tranquilizar os mesmos.

A lei que faltava para que os djs fossem reconhecidos totalmente como artistas finalmente saiu no inicio deste ano.
Para uma melhor compreensão, os DJS passaram a ser reconhecidos pelo ministério da cultura enquanto artistas.
Depois de várias intervenções junto do IGAC, confirmamos que os DJS após verem a sua profissão reconhecida (26.59.1 do grupo dos criativos das artes do espectáculo), foram reconhecidos pelo ministério da cultura através de uma nova lei enquanto artistas (agora legalmente com direitos tal qual outros artistas já tinham por direito).
A lei de que falamos obriga por sua vez os responsáveis das casas onde se actua que doravante tenham a LICENÇA DE PROMOTORES DE ESPECTÁCULOS.
Doravante BARES E DISCOTECAS SÃO: RECINTOS FIXOS DE ESPETÁCULOS DE NATUREZA ARTÍSTICA.

Informamos que este esclarecimento NADA TEM A VER COM A LICENÇA DE CÓPIA PARA DJ´S QUE EXISTE EM PORTUGAL (também existem licenças de cópia para DJS em mais 3 Países: CANADÁ - REINO UNIDO - FINLÂNDIA) e que é emitida pela SPA e PASSMUSICA e que a LICENÇA DE PROMOTOR DE ESPECTÁCULOS É EMITIDA PELO IGAC .


Martin Solveig



Dj Hardwell



Audium Newsletter


Classificação Portuguesa de Profissões

   No passado dia 25 de Maio de 2011, foi realizada a gala de encerramento dos trabalhos relativos ao C.P.P. 2010 (Classificação Portuguesa de Profissões) no salão nobre do instituto nacional de estatística em Lisboa.
Estiveram presentes vários responsáveis do I.N.E., do conselho superior de estatística e do ministério do trabalho e solidariedade social.
    Apenas se recorda aos incrédulos que o C.A.E. 90010 há muitos anos existia e que a classificação de profissão refere-se ao número de profissão e não de actividade económica (C.A.E). Através do C.N.P. 1999 (Classificação Nacional de Profissões) a profissão disc-jockey tinha o numero 5.1.4.9.50. este ultimo (C.N.P.) foi extinto pelo C.P.P. 2010, daí que número para a profissão disc-jockey passou a ser: 26.59.1, número este que lhe confere o direito de usar legalmente o C.A.E 90010 que é relativo a artista em nome individual entre outros obviamente!!
    Estas afirmações podem ser verificadas na lista nacional de profissões C.P.P. 2010.
Porque a APDJS foi mesmo interveniente em todo o processo do principio ao fim, o seu presidente foi convidado para a gala conforme a foto assim o confirma com o doutor Saraiva De Aguiar (responsável máximo pelo C.P.P. 2010).

Pode confirmar aqui no site do I.N.E. a classificação da profissão disc-jockey com o numero 26.59.1.
http://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes&PUBLICACOESpub_boui=107961853&PUBLICACOESmodo=2



Doutor Saraiva De Aguiar (I.N.E) e Nelson Vaz
Salão Nobre Do Instituto Nacional De Estatística em Lisboa 25/05/2010.


Websites para Associados

Se és associado, agora já podes ter um site da APDJS.
Tens 2 modelos à escolha.
Podes visualizá-los aqui.


Divulgação de eventos dos DJ's


Agora já podes publicitar as tuas prestações e divulgar as casas por onde trabalhas!!!!.
Diz-nos onde vais trabalhar para os teus fãs saberem onde te podem apoiar.
(Apenas para associados)



 

Visitante nº






Videos
Videos



Junta-te à APDJS no apdjs



DeeJay o Livro
Autoria de Nelson Vaz, Presidente da Associação Portuguesa de DJ's (APDJs)