Loading. . . (x)




FONTE: http://osha.europa.eu/pt/sector/horeca/index_html

 

Sector da hotelaria e restauração

A hotelaria e restauração é um dos sectores de crescimento mais rápido na Europa. Em 2005, mais de 7,8 milhões de pessoas estavam empregadas neste sector (Eurostat, 2005), que gerou mais de 338 mil milhões de euros (Eurofound, 2005). É constituído principalmente por restaurantes e bares que respondem por três quartos dos empregos do sector. Entre os demais empregadores do sector contam-se parques de campismo, pousadas de juventude e cantinas. A esmagadora maioria das empresas do sector são de pequena dimensão, empregando menos de 10 pessoas. As mulheres constituem um pouco mais de metade da mão-de-obra. (Eurofound 2005: 'Hotels and catering - policies, issues and the future' [Hotelaria e catering - políticas, questões e futuro]) Os empregos tendem a ser temporários, com horários irregulares, mal pagos e com poucas perspectivas de carreira. O sector emprega ainda uma elevada proporção de jovens.

As características do sector da hotelaria e restauração susceptíveis de ter um impacto negativo na saúde e segurança no trabalho são as seguintes:
  • cargas de trabalho pesadas

  • longos períodos de pé e posturas estáticas

  • contacto com clientes (por vezes difíceis)

  • forte incidência de trabalho nocturno e de fim-de-semana, que dificulta a conciliação entre a vida profissional e a vida privada dos trabalhadores

  • elevados níveis de stresse

  • trabalho monótono

  • assédio e mesmo violência por parte de clientes, colegas e patrões

  • discriminação contra mulheres e pessoas oriundas de outros países


Junta-te à APDJS no apdjs